Amanhã. O inalcançável.

Só porque eu tenho certeza que você também já sentiu aquela esperançazinha que o fim de ano traz, eu não vou achar que estou falando besteira.

Sabe lá Deus porque do dia 31 de dezembro pro dia 01 de janeiro a gente acha que pode tudo, que tudo será diferente, renovado, reciclado, esquecido, perdoado. Sabe lá Deus porque a gente não faz isso do dia 13 de março pro dia 14. Ou porque não faz agora.

Quando esse minuto acabar e o ponteiro finalmente chegar ao 12, a magia reinicia. E vamos fazer aquela dieta que sempre deixamos para segunda [que segunda?]. Ou que vamos estudar mais, seremos mais pacientes, mais compreensivos, mais focados, mais humanos...

Para amanhã eu prometo ser uma pessoa melhor. E quando eu acordo, é hoje, e bem... hoje eu não prometi nada.

Que necessidade besta de ordem, de burocracia, de sentido. De começar as coisas pela segunda, pelo dia 01, pela meia noite, pelo começo. E tudo é semana que vem, mês que vem, ano que vem... E vem.

E a gente? Vem?

5 comentários:

Lia Nandhe disse...

Eu detesto tradições de ano novo....já começa mal pela lentilha...arggr

Dama de Cinzas disse...

Racionalmente é algo tolo mesmo, mas se a gente parar pra pensar que todo mundo rever sua vida nessa época, é algo a se considerar, porque a energia que paira é de mudança. Então só por isso é válido. Mas claro que quem pensa sobre a vida vai saber que não é o dia 01 de janeiro que vai mudar nada, mas as suas intenções de mudança, sim.

Beijocas

Fefa Rodrigues disse...

Eu gosto de tradições... dessas bobeiras que a gente faz pra "dar sorte"... é a parte mágiac...

mas tbm acho mais q importante a gente ser racional e compreender e não dar como desculpa para não mudar as coisas essa idéia de que ano que vem, semana que vem, mes que vem a gente faz!!!

EU tento agir sempre que vejo algo em que devo mudar... nem sempre é fácil e nem sempre eu consigo... mas eu tento!!!:o)

De qq forma, adorei seu texto!

Fefa Rodrigues disse...

Dora... Feliz Ano Novo e mais sorte em 2012, tá!!!;o)

donluidi disse...

Sou bem realista. Claro que a fé é importantíssima para a nossa vida, mas, se nós não agirmos não vai adiantar pular 7 ondas. Um 2012 cheio de sucesso, paz, alegria e felicidades pra você. Obrigado pelos comentários lá no meu blogzinho.