com preguiça de pontuação [ou ponto final]

perae. deixa eu explicar para ver se você me entende. é o seguinte... não, não é bem o seguinte. É o anterior. isso. anterior. é o anterior...e lá estava eu. Menina, nova. naquela idade em que o sentimento é descoberta. e a descoberta traz vontade.

vontade. é por aí mesmo. eu tinha [tenho?] muita vontade de encontrar alguém que fosse para a vida inteira. Tá, eu já sei que não é novidade, nem para você, nem para mim. Mas deixa eu continuar. E eu tava sozinha, num lugar sozinha. E eu fui lá pra ficar sozinha. Sim, eu provoquei a solidão. Eu queria crescer. E eu cresci.

Porém, o que eu não esperava é que meu coração crescesse junto. Não é crescer a palavra. Aurélio, ajuda aqui. Ampliasse? alargasse! Pronto. Alargou. comportou um amor [foi amor?] enorme. era absurdo. era o universo dentro do meu peito. era obsessivo. era. Uma coisa louca.

ai quando acabou... sim, acabou. amor [pow, ainda não sei se foi amor...] também acaba. ai quando acabou, o amor vazou devagarinho. gota a gota. e eu senti esvaziar. E o coração, alargado, ampliado, crescido, seja lá o que for, não voltou ao seu tamanho normal. Tá grande desde então.

e todo minha tentativa tem sido essa. achar quem/o que preencha esse vazio que me acomete sempre que eu me apaixono/interesso. e quando o amor/paixão não são suficientes, eu encho o espaço vazio com as ilusões. e a ilusão é líquida, ela vaza ou evapora. E o vazio se faz presente. grita.

e o coração que não cabe no peito, mas cabe no sonho, bate. bate forte na cara da minha ingenuidade ou ambição, não sei, de tentar reviver o amor [não pode ter sido amor] que não fez nada, só criar essa expectativa.

tá claro?

4 comentários:

Nerito disse...

É, acho que isso sempre acontece. Um amor (falo de amor mesmo) sempre deixa uma marca na gente, nosso coração nunca mais é o mesmo. Sei que sentidos são cambiáveis, mudam, além de serem subjetivos... mas o sentido das coisas passa a ser diferente depois que essa "outra pessoa" passa pela vida da gente.

Will e Fá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Will e Fá disse...

Uma vez que o coração fica grande assim por causa do amor não há mais nada que o faça reduzir o tamanho novamente, pelo contrário, acho até que expande cada vez mais.
Mas penso que tudo tem seu tempo (clichê) e uma hora se encontra outro coração em estado de expansão também e...

Beijão,

donluidi disse...

Pois é, a cada fase amorosa que termina deixamos um pouco de nosso coração com nossa paixão, só espero que o meu aguente até o final da vida, porque já tem muito pedaço solto por este mundo (rs)