Dar ou não dar?

Bando de mulher à perigo e homens safados que já acharam que esse post era sobre sexo.
Tudo bem, o final pode ser sexo. Mas a questão principal aqui é outra.

Você está na night. Aquele carinha interessante se aproxima, métodos de dar idéia diversos, algo te conquista [ou ele é simplesmente G-A-T-O e você não via a hora de ele parar de falar e te beijar logo], e vocês ficam.

Oba, beleza. Iupi. Urra. Uhull. Momentos de alegria, felicidade.
O beijo combina, o cara é simpático.
Mas tudo que começa um dia acaba e chega a hora de ir.

Veja, se o cara não inventou uma terrível e inesperada vontade de fazer xixi para te deixar e buscar outra, se ele não te deu um beijo e sumiu, se ele pagou de namoradinho a night inteira, é provável que ele peça o seu número.

Ai começa o sofrimento.
Sim, pesquisas indicam que 87,8% dos homens que pedem o telefone não vão ligar.
E por que pedem se não vão ligar? Porra, eu nãooo sei. Algum homem ae para me contar? É só para ter mais um número na agenda? Você coleciona? É simpatia? Qual o problema com vocês?

E os mais desprendidos pensam: "ah.. vou dar o meu número, se ele ligar, é lucro..."
E NEM É! Imagina a ansiedade.
Passa o primeiro dia, o segundo, o terceiro... a primeira semana... é...ele não vai ligar.
E o mistério de para-que-que-pediu-meu-número-então-porra continua.
E isso frusta.

E você decide. Então, não vou dar. Vou dar errado. Vai ser o castigo dele. Vai colecionar agora número errado, infeliz! E começa outra neura... pow, e se ele ligou? Tadinho... caiu errado. Deve ser por isso que eles não ligam... ficam frustrados quando as mulheres dão números errados... ó! a culpa é minha!

É sem fim. É eterno. Você vai ficar nessa dúvida para sempre.

Conselho [e conselho bom é de graça mesmo, pq se for para pagar eu vou no psicólogo]: .

Viva a expectativa de que pode acontecer. É melhor do que cortar a possibilidade antes mesmo de saber o que vai acontecer.



Ou peça o número você. Surpreenda. Quando der o seu número, pede para ele dar um toque no seu. Para que ser passiva na situação? Fala para ele: "me dá o seu, que eu dou um toque" ;)


E se não acontecer, paciência.
Muita paciência.
Paciência para carai.

Um dia da caça, outra do caçador.
A vida dá voltas.

Aguarde e confie.




Para minha amiga mais que linda, Nina Nuth.

5 comentários:

Nina Nuth disse...

Dora, Dorinha...vc é um doce! captou o dilema que vivo passando...rsrs =D

Anônimo disse...

Dilema que as mulheres passam, né? uehauehuaheuah
Mas concordo totalmente

"Viva a expectativa de que pode acontecer. É melhor do que cortar a possibilidade antes mesmo de saber o que vai acontecer."

Mel Agueta disse...

Dorinha minha amiga, não é que isso meio que aconteceu comigo ontem? Vc estava lá fora e nem viu! Kkk mas o que mais me surpreendeu foi: 1- eu nem fiquei com o menino (bem que eu até queria, mas....) 2- Ele tomou a iniciativa de ligar para o meu cel! Agora veremos se nós nos encontraremos com ele (e os amigos, mas outros, os de ontem não) semana que vem! Bjs da pimentinha aqui!

donluidi disse...

O amanhã é uma incógnita que pode ser muito interessante basta a gente querer

Nerito disse...

Resolvi explorar algum post antigo do seu blog e achei esse bem bacana. Ri um bocado!

Sei que ri de uma situação chata, mas o jeito de contar ficou bem engraçado.

abraço!